Troca de Ideias Voltar

Dezembro Laranja alerta para conscientização do câncer de pele


O último mês do ano chega com uma causa importante: a conscientização sobre o câncer de pele, o tipo mais incidente de câncer no Brasil. E para estimular a população a um compromisso mais efetivo consigo e ao diagnóstico precoce do tumor, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) criou a campanha  “Dezembro Laranja”, que traz luz sobre o tema.

Câncer de pele

Existem 3 tipos de câncer de pele:

  • Carcinoma basocelular (CBC)– é o mais comum dentre os tipos, pouco letal e encontrado nas células basais, da camada superior da pele. O CBC costuma aparecer nas regiões mais expostas ao sol, como rosto, pescoço, couro cabeludo, orelhas, ombros, costas.
  • Carcinoma espinocelular (CEC)- é o segundo mais comum, manisfestando-se nas células escamosas, que constitui a camada da pele. O CEC pode se manifestar em todo o corpo, porém seus casos mais evidentes também ocorrem nas regiões de maior exposição solar: rosto, pescoço, couro cabeludo, orelhas, ombros e costas. Dentre seus principais sinais estão a mudança de pigmentação, perda da elasticidade e enrugamento da pele.
  • Melanoma – é o tipo menos frequente, porém o mais letal. Dentre os seus sintomas estão as mudanças que ocorrem em alguma pinta ou sinal na pele: variação de cor, tamanho e espessura.

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de pele não melanoma além de ser o mais decorrente no Brasil, corresponde a 30% de todos os episódios de tumores malignos diagnosticados no país, que para este ano estimou-se mais de 165 mil novos casos.

Sintomas do câncer de pele

Para identificar os sintomas do câncer de pele, é recomendada a aplicação da regra “ABCDE”, que é correspondente a um guia que norteia a identificação dos sinais do melanoma, de acordo com suas características.

A= Assimetria (uma metade da pinta não é igual a outra metade)

B= Bordas irregulares (bordas mal definidas)

C= Cor (mudança de cor)

D= Diâmetro (se a pinta for maior que 6 mm, procure um dermatologista)

E= Evolução (manchas que cocem, ardam, sangrem ou descamem; feridas que levam mais de 4 semanas para cicatrizar.)

Ao notar qualquer um desses sintomas ou caso perceba algo diferente em seu corpo, procure um especialista.

Tratamento

Entre os tratamentos mais comuns para o câncer de pele está a cirurgia, para a retirada do tumor, radioterapia e quimioterapia.

Prevenção

A principal maneira de prevenir o câncer de pele é evitar a exposição ao sol no período das 10h às 16h, quando os raios ultravioletas estão mais intensos. Porém, caso a exposição seja inevitável, principalmente no caso de pessoas que trabalhem ou circulem à luz do dia, tenha precaução e utilize óculos com proteção UV, protetor solar, roupas que protejam o corpo da exposição ao sol, chapéu com aba larga, protetor labial, entre outros acessórios que considerar importante.

De acordo com uma pesquisa realizada em 2016, as mulheres dos estados do Distrito Federal e Palmas são as que mais se protegem contra a radiação ultravioleta e em relação aos homens, são os residentes de Florianópolis e Boa Vista.

percentual de homens e mulheres que se protegem contra os raios UV 1 - câncer de pele

Segundo o INCA, indivíduos com a pele, cabelos e olhos claros, sensibilidade ao sol, histórico familiar de câncer de pele e sistema imune debilitado, possuem maior predisposição a adquirir o câncer de pele. Por isso é indispensável um cuidado especial.

Dezembro Laranja

Este é o 5º ano da campanha realizada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, que visa, por meio da conscientização das pessoas, a redução do número de casos de câncer de pele no país.

Com o slogan “Se exponha, mas não se queime”, a ação em 2018 informa a população sobre formas de prevenção com a adoção de medidas fotoprotetoras e pela busca de médicos especializados para diagnóstico e tratamento.

De acordo com a SBD, no dia 1º de dezembro, cerca de 4 mil médicos dermatologistas e voluntários vão unir forças para prestar atendimento e fornecer esclarecimentos sobre a importância da adoção de maneiras preventivas para o câncer de pele no dia a dia. Serão realizadas consultas gratuitas em 132 postos de atendimento por todo o Brasil, e até março de 2019 serão feitas ações na internet, ruas, praias e parques.