Troca de Ideias Voltar

Entenda o que é o exame PET/CT com PSMA


O PET/CT com PSMA é imprescindível ao tratamento do câncer de próstata, pois proporciona uma investigação mais completa e eficaz do tumor. A São Carlos Saúde Oncológica é pioneira na realização deste exame no Rio de Janeiro. Entenda tudo o que você precisa saber sobre ele e quais benefícios pode trazer ao tratamento do câncer.

PET/CT com PSMA

Este é um exame preciso, que auxilia o médico a definir a conduta de tratamento para o câncer de próstata e permite, também, visualizar se o tumor invadiu outras partes do corpo (metástase). Com o PET/CT com PSMA é também possível a identificação de estruturas que, aparentemente, estão com aspecto normal, mas foram acometidas pelo tumor.

O que é PSMA?

PSMA é uma proteína expressa na membrana da célula de próstata.

“Uma célula normal de próstata expressa PSMA, mas uma célula doente da próstata expressa até mil vezes mais PSMA que uma célula normal. Então, ao injetar esse ligante, ele irá captar mais as células que estão doentes”, afirma Dra. Dominique Fuser, médica nuclear da São Carlos Saúde Oncológica.

Quando realizar o exame PET/CT com PSMA?

O PET/CT com PSMA pode ser realizado em duas situações:

  • Estadiamento inicial

O estadiamento inicial é o momento que o paciente descobre o câncer, seja em seu estágio primário ou até no mais avançado. O exame é importante para identificar se, além do câncer de próstata, o tumor sofreu metástase.

  • Recidiva bioquímica

A recidiva bioquímica acontece quando o paciente é tratado, tem a queda do seu indicador PSA, isto é, após algum tempo ele fica bem, mas de uma hora para outra vê seu PSA alto novamente.

Esse fator indica a volta do tumor. Porém, onde ele se encontra? Com o exame PET/CT com PSMA torna-se possível a identificação exata de onde o câncer se encontra.

Dessa maneira, a escolha correta para a conduçãodo tratamento pode ser feita. Isso significa que o médico conseguirá dizer precisamente a necessidade de realizar, por exemplo, uma cirurgia, radioterapia ou tratamento com hormônio.

Como é feito o exame PET/CT com PSMA?

Para a realização deste exame, utiliza-se o marcador de PSMA e o material radioativo, Gálio 68 (68Ga), faz-se a ligação entre ambos e este radiotraçador é injetado no paciente.

“Tudo o que for célula de próstata que expressar o PSMA irá captar esse radiofármaco, sendo que as mais doentesse expressarão com maior intensidade” – complementa Dra. Dominique

Preparo para a realização do exame

  • Evitar a prática intensa de atividade física nas 24 horas que antecedem o exame.
  • Permanecer em jejum de 6 horas (podendo beber água) para a realização do exame.
  • Não há necessidade de suspender os medicamentos de uso contínuo, como anti-hipertensivo, analgésicos, sedativos e anti-inflamatórios.

No entanto, é solicitada a chegada na hora marcada. No local do exame, o paciente receberá a injeção do radiotraçador e irá aguardar cerca de 50 a 60 minutos até ser levado ao equipamento do PET/CT para realizar imagem.

Caso necessário, será solicitada a ingestão de um diurético, a fim de que todo o resquício do material seja removido dos rins e encaminhado para a próstata.

É importante que no dia marcado, o paciente leve relatórios médicos e exames de imagem anteriores com laudos e CDs, como Tomografia Computadorizada, Ressonância Magnética, PET/CT e Cintilografia. Não se esqueça de ir agasalhado e não usar roupas que contenham metal e bijuterias.

Resposta do PET/CT com PSMA para o tratamento do câncer de próstata

Ao identificar o local exato que o tumor se encontra, seja no estadiamento inicial, ou na recidiva, este exame auxiliará o médico na escolha da melhor conduta de tratamento para cada paciente.

Se a minha conduta inicial no tratamento seria operar a próstata, mas depois de realizar o exame do PET/CT com PSMA descobri que houve metástase óssea no paciente(na coluna, por exemplo), então, de nada adiantará realizar a cirurgia na próstata se o tumor ainda estará lá presente. Neste caso, o ideal será fazer um tratamento sistêmico com quimioterapia e radioterapia na coluna”-afirma a especialista em Medicina Nuclear.

De acordo com a Dra. Dominique Fuser, em 54% dos casos que o médico realiza o exame PET/CT com PSMA, ele inicialmente já havia definido uma conduta para o tratamento do paciente, mas a modifica após sua realização.

 

Leia também:

A estratégia de otimização em tratamentos de Radioterapia para tumores de próstata – técnica VMAT. Clique aqui!