Troca de Ideias Voltar

Julho Verde – Campanha busca conscientizar população e estimular prevenção do câncer de cabeça e pescoço


Você sabia que julho é o mês da Conscientização e Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço? Criada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP), a campanha tem por objetivo promover, durante todo o mês de julho, atividades de conscientização e informação no combate a este tipo de câncer para toda a população, além de ressaltar a importância e urgências da implementação de políticas públicas voltadas para este fim por parte das autoridades de saúde.

De acordo SBCCP, a infecção pelo papilomavírus (HPV) tem contribuído, nos últimos anos, com o aumento na incidência desta doença.

“A infecção pelo HPV é um importante fator de desenvolvimento do câncer de faringe. Uma das formas de contágio por essa infecção é por meio da prática do sexo oral e em pessoas com múltiplos parceiros sexuais” – explica o cirurgião de cabeça e pescoço Dr. Fernando Walder, presidente da SBCCP.

Os números chegam a cerca de 23 mil novos casos anualmente, segundo estimativas do Instituto Nacional de Câncer (INCA). Trabalhos brasileiros demonstram que cerca de 7% da população pode ter infecção pelo HPV detectada na boca.

Os tumores de cabeça e pescoço são uma denominação genérica do câncer que se localiza em regiões como boca, língua, palato mole e duro, gengivas, bochechas, amígdalas, faringe, laringe (onde é formada a voz), esôfago, tireoide e seios paranasais.

Quais são os principais tipos de câncer nas regiões da cabeça e do pescoço?

O carcinoma epidermoide é o principal tipo de câncer de boca, faringe e laringe, enquanto o carcinoma papilífero é o tipo de câncer de tireoide mais comum.

Conheça os principais sintomas

Em geral, os pacientes com câncer de cabeça e pescoço apresentam diminuição do apetite, cansaço e palidez. Quadros de febre e dor também são comuns. Confira outros sintomas abaixo:

  • Manchas brancas na boca
  • Mudanças na voz, além de rouquidão persistente
  • Lesão ulcerada ou com sangramento e cicatrização demorada
  • Nódulos no pescoço presentes por mais de duas semanas
  • Dificuldade para engolir

Em quadros de câncer em estágio avançado, sintomas como falta de ar e tosse são frequentes, especialmente nos casos em que ocorre disseminação para os pulmões, além de dores ósseas ou fraturas, que podem surgir a partir de metástases ósseas.

Alerta!

O diagnóstico tardio ainda ocorre em 60% dos casos e podem deixar sequelas no paciente. Por esta razão é importante reforçar que o diagnóstico precoce é fundamental para garantir a velocidade do início do tratamento, aumentando assim as suas chances de sucesso.

Dados de levantamento do INCA apontam os cânceres de boca e laringe como o segundo mais frequente entre os homens, atrás apenas do câncer de próstata. Entre as mulheres, o câncer de maior incidência nesta região de cabeça e pescoço é o da tireoide, ocupando o quinto lugar entre os mais comuns na população feminina.

Clique aqui e saiba mais sobre o tratamento de Iodoterapia para o câncer de tireoide!

Fumantes e pessoas que fazem uso frequente de bebidas alcoólicas também estão sujeitas a desenvolver estes tipos de câncer. Porém, de acordo com a SBCCP, é cada vez mais frequente o diagnóstico em indivíduos jovens (menores que 45 anos), sem a exposição a estes fatores, com tumores originados pelo HPV.

Use a tag #JulhoVerde

Em 27 de julho é comemorado o Dia Mundial do Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço e, até lá, a proposta é utilizar a cor verde e a hashtag #JulhoVerde para disseminar informações de conscientização e prevenção sobre o tema para atingir o maior número possível de pessoas, com ações na internet, redes sociais e nas ruas.

A São Carlos apoia esse movimento. E você?